Conheça os CristoKids

Conheça os CristoKids
Adquira o jornal O Testemunho de Fé e acompanhe a nossa turma

Formação do Pré-Catecumenato

Formação do Pré-Catecumenato

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Os Jogos na Catequese


A criança tem necessidade imperiosa de brincar. E a catequese precisa levar em conta que a brincadeira é fundamental, também para a educação da fé.
Este recurso é importante para a elaboração e incorporação de novas aquisições.
Mais que simples passatempo e, muito além que mero recurso para entreter as crianças, a atividade lúdica se confunde com a própria vida delas. É brincando que a criança aprende.

“A VERDADE SÓ SE REVELA INTEIRA AO HOMEM INTEIRO”.
(Madre Maria Helena Cavalcanti)

Além de atender às necessidades que toda criança tem de brincar, os jogos:
- auxiliam o crescimento corporal;
- socializam os catequizandos, com seus aspectos morais;
- ajudam no desenvolvimento intelectual (atenção, imaginação, observação, concentração...);
- desenvolvem o domínio das habilidades de comunicação;
- promovem a descoberta do eu e do outro, contribuindo para a construção da identidade.
Quando o prazer pela atividade está presente, os sentidos vão concentrar-se nela favorecendo uma assimilação maior e mais duradoura do que foi ensinado.

“Provai e vede como o Senhor é bom.” (Sl 34,8)

O jogo pode ser utilizado como:
- INCENTIVAÇÃO
- COMPLEMENTAÇÃO DA MENSAGEM
- MOMENTO DE EDUCAÇÃO
- ELEMENTO INTEGRADOR DA TURMA
- MEIO DE EVANGELIZAÇÃO

“De substancial importância é a relação pessoal do catequista com o destinatário da catequese. Tal relação se nutre de paixão educativa, de engenhosa criatividade, de adaptação e, ao mesmo tempo, de máximo respeito pela liberdade e amadurecimento da pessoa”. (DGC 156)


“A ALEGRIA É UM BOM MÉTODO DE APRENDIZAGEM.”
(Madre Maria Helena Cavalcanti)

Sugestões de atividades lúdicas

PESCARIA
Material: Cadeiras
Objetivo - conhecendo novos amigos, descontrair, integrar e memorizar os nomes.
Como brincar:
Forme um círculo com cadeiras, no qual cada participante ao sentar receba o seu próprio nome (crachá). O “pescador” (primeiro, o catequista) começa a circular entre as cadeiras e diz: "O pescador apanhou em sua rede um peixe chamado... (diz o nome de um dos participantes). O jogador que tem o nome indicado se levanta e segue o pescador. Assim vai prosseguindo. A fila de peixes movimenta-se entre as cadeiras. Em dado momento, o pescador diz: "A rede arrebentou!" Todos os peixes procuram sentar-se em uma das cadeiras, inclusive o pescador. O peixe que ficar sem cadeira será o próximo pescador.

AMARELINHA (Frutos do Espírito Santo)
(Procurar usar gravuras que ilustrem essas palavras)
Material: Giz, tampinhas e gravuras que ilustrem as palavras.
Objetivo: Trabalhar com o catequisando os frutos do Espírito.
Você quer ir para o Céu ?
O Fruto do Espírito Santo é o amor, alegria, paz, paciência, bondade,
fidelidade, mansidão, castidade.
Para chegarmos ao Céu devemos procurar dar estes frutos segundo o Espírito Santo (Gálatas 5,22).
Como brincar: Avisar que nesta amarelinha não basta só pular a casa, mas também acumular tampinhas que serão as coisas boas que precisamos guardar no coração.
Colocar tampinhas na primeira casa e avisar que, na volta, todos deverão “pegar” um pouco de amor.
Colocar tampinhas na segunda e assim por diante.

IGREJA MISSIONÁRIA
Material: Desenho de 2 igrejas e tijolinhos
Objetivo: Despertar a importância do convite valorizar o chamado de Jesus.
Como brincar: Lembrar que cada tijolinho representa uma criança convidada para a catequese e que elas precisam se juntar à nossa Igreja.
Dividir em 2 grupos.
Cada grupo receberá um desenho de uma igreja e vários tijolinhos separados .
Ao sinal, cada membro do grupo deverá colocar os tijolinhos na igreja.
Vencerá o grupo que colocar todos os tijolinhos primeiro.

O SALTO INTELIGENTE
Material:
Objetivo geral: desenvolver a agilidade motriz, o raciocínio e a memorização.
Objetivo específico: responder corretamente à pergunta sobre uma questão determinada.
Como brincar: Em fila, cada um segurando na cintura da criança da frente.
O catequista faz uma pergunta `a primeira criança de cada fila. Só ela pode responder. Se a resposta é correta, todos da fila, agarrados pela cintura dão um salto para frente.
Se a fila se rompe ou se foi dado um salto com a resposta errada, aquela equipe volta ao ponto de partida. Então, o primeiro da fila passa a ser o último.Ganha o jogo a equipe que primeiro chegar à linha de chegada.
Obs. Só uma criança pode responder e elas não podem se comunicar entre si. A resposta deve ser dada em voz alta para que todos escutem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário